Mika e os clipes/trailler

Videoclipe é uma "arte" renegada dentro do mundo dos "videomakers", todo mundo adora fazer, por que afinal, que tipo de cristão não gosta de música? E não pensa em videoclipe enquanto está em viagens de carro/trem/metrô e ônibus?

O problema é que todo mundo gosta de fazer, mas é muito pouco levado a sério. É só ver o número incansável de teses de mestrado e doutorado que tem qualquer filme do Truffaut (um gênio, é verdade) e comparar com as pesquisas para estudo do formato videoclipe(poucas), no Brasil contam-se menos de 1000 trabalhos catalogados pela Socine. E olha que o que mais tem é estudante de comunicação e cineasta por aí, mas enfim...

Este prólogo serve para falar um pouco sobre o novo clipe do Mika, que a gente vê agora:

Mika - Kick Ass



"Kick Ass" é também o nome de um filme dirigido pelo Matthew Vaughn que estréia em Junho na gringa e tem o Ator-Blockbuster Nicolas Cage no elenco e encabeçando o filme e promoção. Ok! É bom, comercialmente falando, para um artista ter uma música como tema de um filme, ainda melhor se esse filme for hollywoodiano e tiver uma "estrela de primeira grandeza no elenco" (primeira grandeza comercial, diga-se de passagem). É bom, por que sua música, se o filme for bom e bem divulgado, vai ser um dos carros chefes da divulgação e tal. Só que em se tratando de videoclipe, nem sempre é o melhor a se fazer.

Diferentemente de "Alice" da Avril Lavigne,( este sim um clipe promocional de filme e "trailler estendido" que deu certo e que vai ganhar resenha em breve aqui no blog) "Kick Ass" aproveita-se das imagens do filme e parcas imagens do cantor. Planos óbvios, figurino óbvio (dentro da história, é verdade, mas óbvios) e tudo mais. Para alguém que se lançou ao mundo com o clipe de Grace Kelly, fica difícil engolir tal engôdo esquecível e risível.

Mika consegue surpreender, espero ele (ou dele) em sua melhor forma, até mesmo para os videoclipes, assim como ele fez em "Rain" dirigido pelo incontestável James McTeigue (assistente dos Irmãos Wachowski na trilogia de Matrix e também diretor de "V de Vingança"), e que para mim é o melhor clipe do Mika. Graças ao universo construído, figurinos, cenário trabalhado, dança e a proposta. Aguardo coisa melhor, Mika.


2 comments:

@ruanitoo disse...

Olá. Certamente não sou tão entendido em questões de produção e históricos de videoclipes produzidos com filmes comerciais. Mas gostaria de dizer que gosto da maioria dos que conheço. Gostaria de destacar apenas alguns: "Have You Ever Really Loved A Woman - Bryan Adams" (Dom Juan De Marco), "I Don't Want to Miss A Thing - Aerosmith" (Armageddon) e "The Animal Song - Savage Garden" (Simples Como Amar).
Não sei se meu comentário tem alguma relevância, afinal você está falando de questões mais cultas quanto a arte dos videoclipes, mas eu só queria compartilhar o que seu post me lembrou. =)

Metheoro disse...

tu achou culto? HAHHAAHAHAHHAHA

eu me achei tão suscinto. Tipos que seu comentário foi ótimo e acrescentou bem. :D Brigado pelo feedback.