Tel: +55 11 9 7028 7465 | E-mail: contato@hilariojunior.org

Voltamos em Breve!

Estamos trabalhando em um novo layout para o site. Enquanto isso, entre em contato por telefone ou e-mail!


days

hours

minutes

seconds

Inscreva-se na minha NewsLetter

Assine a nossa newsletter e seja um dos primeiros a receber as novidades aqui postadas:

Copyright © Hilário Júnior | Powered By Blogger | Published By Gooyaabi Templates
Design by AZMIND | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com

Morrissey - Ganglord OU brincando de claro e escuro



Morrissey - Ganglord



Clique aqui para ver caso esteja nos feeds.

No começo dos anos 80 o nome Morrissey, para ser mais exato da banda que ele fazia parte a The Smiths, era sinônimo de depressão, flores brancas, letras melâncólicas e polêmicas (Será o vocalista bissexual? Gay? Assexuado?). Fugindo um pouco do lugar comum de falar sobre os anos 80 vamos para o que interessa: Ganglord.

Acredito que boa parte de vocês que lêem esse blog já devem ter "brincado" com a técnica de Pinhole, ou ainda visto trechos de filmes do início do cinema, certo? O fato de a música ser um B-side, tem muito a ver com a escolha de como ele é filmado, editado e pensado. Afinal, só uma música "B" (aquelas que não entram nos CD's oficiais e ficam "fadadas" ao obscurantismo de coletâneas mais pra frente) pode deixar-se ser filmada de tal maneira, beirando o amadorismo.

A idéia do Pinhole seria até bem aceita, até por mim, mas pra um artista como o Morrissey ter em sua carreira um vídeo que mais parece um trabalho ruim de faculdade, não dá né? Prefiro o Steven Morrissey de Irish Blood, English Heart e First Of the Gang to Die só para ficar nos mais recentes, do que esse videozinho meia-boca.

Nenhum comentário :